Painel de Monitoramento

Veja o que está funcionando na cidade

O Governo do Estado de São Paulo apresentou no dia 27/05 o Plano São Paulo, que detalha a retomada consciente das atividades econômicas em todo o Estado a partir do dia 1º de junho. A retomada está sendo feita de forma faseada e regional, sendo dividida em 5 fases que tem como critérios para cálculo a capacidade do sistema de saúde (taxa de ocupação de leitos UTI COVID-19, leitos UTI COVID-19 / 100k de habitantes) e a evolução da epidemia (número de casos, número de internações, número de óbitos). Cada fase apresenta maior flexibilização, levando em consideração os critérios de cálculo e a priorização dos setores de acordo com a vulnerabilidade econômica e empregatícia.

São Bento do Sapucaí faz parte da DRS XVII – Taubaté, desse modo, se enquadra na Fase 3 (Amarela), conforme classificado pelo Governo do Estado no dia 07/08/2020, sendo permitido o funcionamento das seguintes atividades:

  • Comércio: comércio varejista e atacadista, lojas e centros comerciais, desde que atendam todos os protocolos, com horário de funcionamento todos os dias, das 12h às 18h;
  • Gastronômicos: bares, restaurantes e afins permitidos a consumação local das 11h às 17h, após esse período somente serviços de entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru), sendo válido também para estabelecimentos em postos de combustíveis;
  • Meios de Hospedagem: hotéis, pousadas, hospedarias e afins permitido o funcionamento com 50% da capacidade total;
  • Saúde: hospitais, clínicas (incluindo odontológicas e fisioterapia), farmácias e estabelecimentos de saúde animal;
  • Alimentação: supermercados, mercearias, açougues, padarias, lojas de suplemento, quitandas e feira livre. É vedado o consumo no local;
  • Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária, agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de produção;
  • Logística: concessionárias, estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores e bicicletas, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos;
  • Serviços gerais: atividades imobiliárias, escritórios, salões de beleza, clínicas de estética, academias, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais;
  • Segurança: serviços de segurança pública e privada;
  • Comunicação: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens;
  • Construção civil, agronegócios e indústrias: sem restrições.